quarta-feira, outubro 30, 2013

OSBM se apresenta na Sala São Paulo

Concerto faz parte do Brasil Orquestral, projeto concebido pela pianista que participa do eventoA Orquestra Sinfônica de Barra Mansa faz nesta quarta-feira, dia 30, mais um concerto da turnê do grupo pelo Brasil, com o Brasil Orquestral, projeto do qual participa primeira vez. Na Sala São Paulo, a OSBM se apresenta ao lado da pianista mineira Simone Leitão, fundadora e diretora artística do projeto Brasil Orquestral e doutora em Piano Performance e Musicologia pela University of Miami e com sólida carreira como solista e camerista nas Américas, Europa e China.

O Brasil Classical divulga a música sinfônica de compositores brasileiros nos Estados Unidos, enquanto adquire instrumentos de qualidade com a renda dos ingressos, para serem doados a projetos de inclusão social no Brasil. Desde 2009, o BC acontece anualmente no Knight Hall do Arsht Center em Miami, com a Miami Symphony Orchestra e em Nova York com a série de Música de Câmara, agora no Carnegie Hall.
Outra grande artista que estará presente ao evento será a Maestrina Apo Hsu, taiwanesa que começou seus trabalhos como diretora da Orquestra da Universidade Nacional Norma de Taiwan em 2003 e é membro, desde 2000, do corpo docente do Conductor’s Institute do Bard College, em Nova Iorque.

Os músicos do principal conjunto do Projeto Música nas Escolas, mantido pela prefeitura de Barra Mansa, estão viajando o país com apresentações que homenageiam os 140 anos de nascimento e 70 de morte de Rachmaninoff. No repertório, também há obras de Prokofieff, Brücher e Mendelssohn.


A apresentação desta quarta acontece na Sala São Paulo, à Praça Júlio Prestes, 16, Santa Cecília, São Paulo, capital, às 21 horas. Os ingressos para o concerto da OSBM com a pianista mineira custam de R$ 15 a R$ 30. O evento tem classificação livre.

Projeto Música nas Escolas
O Projeto Música nas Escolas é uma iniciativa da Prefeitura de Barra Mansa e conta com o patrocínio de empresas privadas – Light, Votorantim Siderurgia, Saint-Gobain, White Martins e CCR NovaDutra – por meio das Leis de Incentivo à Cultura do Estado do Rio de Janeiro e do Ministério da Cultura. Com o objetivo de promover desenvolvimento musical dos alunos da rede municipal de ensino, o projeto atende todas as escolas da rede, que possui mais de 22 mil crianças e adolescentes.

Nenhum comentário: